sábado, 17 de outubro de 2009

O INCRÍVEL HOMEM QUE DERRETEU, EUA-1977

Bem, como posso começar a falar dessa jóia do cinema? Ok, neste filme há um "homem" que está "derretendo" e isso é "incrível"! Não foi o suficiente para despertar uma enorme e irrefreável curiosidade? Se a resposta for não sou forçado a defesa e aos fatos que cercam o filme...









Durante o primeiro vôo a Saturno, uma estranha radiação afeta os três astronautas à bordo da espaçonave Scorpio 5. Isto acontece depois que eles observam o sol através dos inexplorados anéis do planeta!




O astronauta Steve West (Alex Rebar) teve o privilégio de ver essa maravilha, porém o preço pago por ver algo que nenhum humano ainda tinha visto foi muito alto. Imediatamente, o contato com a base em Houston se interrompe. O coronel West é o único que consegue sobreviver e ele acorda, todo enfaixado, num hospital do exército. Como é de praxe, o governo mantém em absoluto sigilo o fracasso da missão e a morte dos dois companheiros do coronel, mantendo a imprensa e a população afastada dos fatos reais.


Ao se olhar no espelho, Steven descobre que ao ser exposto à enigmática radiação cósmica adquiriu uma terrível e desconhecida doença.


Ela está provocando o gradual derretimento de sua pele e incutindo em sua mente um assustador instinto selvagem: o apetite insaciável por carne humana!

O monstro astronauta também teve o cérebro deteriorado e depois de fugir do hospital militar passa a matar todos que atravessassem seu caminho, deixando um rastro de vítimas dilaceradas para trás.

O derretido é então perseguido secretamente por uma dupla de canastrões de primeira: o médico Dr. Ted Nelson (Burr DeBunning) e o General Perry (Myron Healey), que precisavam deter as mortes violentas e esconder o fracasso da missão espacial do conhecimento do público, numa típica conspiração governamental.

 O rosto do pobre astronauta derretendo lembra uma pizza podre e sua respiração pesada faz soar como o Darth Vader!
Vejamos os vários graus de derretimento:

Derretimento leve...

Derretimento moderado...

Derretimento grave...

Derretimento máximo!

Outra grande vantagem do filme é que o roteiro de William Sachs não perde tempo com tediosas explicações científicas ou discursos emocionais. O cara chega, vê que está derretendo, foge e começa a matar e devorar as pessoas. Simples assim! A repulsa começa imediatamente nas primeiras cenas e dura até o último momento.

Bem, se você ainda não está entendendo nada eu fiz um diagrama para explicar tudo isso:


Para desfrutar desta jóia do horror tente desligar a sua atividade cerebral, tanto quanto você puder, porque, se você começar a pensar sobre as muitas tolices no roteiro, você vai perder toda a diversão!
Dirigido e escrito por William Sachs, é um daqueles filmes indispensáveis para os que apreciam o cinema obscuro de baixo orçamento.
Com um roteiro que mistura elementos de ficção científica, conspiração e horror “gore” em doses generosas de sangue e vísceras, já foi exibido na televisão aberta e lançado em VHS pela “Globo Vídeo”.



E curiosamente o responsável pelos excepcionais e nojentos efeitos especiais e maquiagem do astronauta em processo de derretimento, é o cultuado Rick Baker em início de carreira, e hoje consagrado por diversos trabalhos em filmes populares de produções milionárias (como “Lobo”, 1994, com Jack Nicholson, e a refilmagem “Planeta dos Macacos”, 2001, de Tim Burton).





SOBRE O DVD: o filme nunca foi lançado em DVD no Brasil e eu sei porque: só eu ia comprar! Mas para quem é fã e gostaria de ter esta pérola incrivelmente cult em DVD, entre em contato. Possuo uma versão do DVD importado com legendas em português (rub.records@yahoo.com.br)

12 comentários:

  1. Muito boa a tua análise e postagem...!!
    Eu, caso achasse um DVD, também compraria...!! É um filme que me traz lembranças de uma fase boa de criança/adolescência, onde eu curtia (e me assustava/interessava/queria fazer) filmes de terror e, principalmente, efeitos especiais...!!! Isso lá por entre 1981 e 1984... Algo assim... :)

    Boa lembrança, neste momento (hoje, agora, aqui onde eu vivo - Porto Alegre), que está um calor literalmente de DERRETER o vivente...!!

    Abraço!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Esse filme é fantástico. E cada vez que revejo eu gosto ainda mais. Não é como os filmes de hoje que tentam ser intelectuais demais sem dar conta. "O incrível homem que derreteu" é um filme de terror/sci-fi honesto! Meu chapa, o DVD importado que eu tenho veio da alemanha e já tenho uma cópia dele com legendas em português inseridas. Eu faço trocas de acervo com outro colecionadores e tb faço algumas cópias sob encomenda. Abração!

      Excluir
  2. Reinaldo Pereira Elisei13 de maio de 2012 18:33

    Cara, fenomenal seu blog! Entrou pros meus favoritos! Vi esse filme quando ainda era criança e ele sempre permaneceu na minha memória. Abraços!

    ResponderExcluir
  3. É um filme bem original,sem frescuras ou paró-
    dias!Foi exibido pela primeira vêz em 1981 pe-
    la tv Bandeirantes e reprisado por diversas ve
    zes no mesmo canal.Eu o assisti em 83,completo
    e sem cortes,algo inédito na tv brasileira,mas
    também,passava sempre após as dez da noite.Que
    eu saiba,não fêz sucesso algum nos cinemas aqui
    da minha cidade,por conta de Star Wars e King
    Kong serem a sensação do momento.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Boa noite.Na verdade esse filme foi exibido pela primeira vez no final dos anos 70 se não me engano pela rede globo,um clássico da nossa infância.

      Excluir
  4. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  5. Esse filme tb foi exibido pela rede globo de televisão durante o governo sarney, na sessão corujão (no mesmo dia em que passou o filme "o cavaleiro de sherwood e poucos dias antes de passar o primeiro episódio chamado "o edifício da morte" da série "a dama de ouro" - que passou numa segunda-feira de acordo com os intervalos comerciais). A versão da globo (e provavelmente da Band) tem cortes de produção em algumas cenas (poucas, umas três mais ou menos), uma delas é a cena do fotografo e da modelo. A modelo se enfurece quando o fotografo pede para ela tirar o top e ele o puxa deixando ela com os seios à mostra.
    Outras cenas cortadas mostram o astronauta-mutante comendo carne humana.
    Restaurei o áudio (tanto com a dublagem clássica quanto à redublagem) desse filme completamente e o adequei ao DVD importado.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ei Guga, curti muito a sua iniciativa de inserir a dublagem nesse DVD importado. Se vc tiver esse filme e outros mais e estiver a fim de fazer trocas de acervo é só mandar sua lista de filmes para meu email: rub.records@yahoo.com.br

      Excluir
  6. Cara, eu adorava esse filme, assisti muito no SBT, que na época tmb passava a bolha assassina!

    ResponderExcluir
  7. Muito bacana a sua analise. Voce deu uma abrida na minha mente ,o filme nao deve ser la essas coisas .Mais tem um interrese sem igual na hora de explica um .concerteza tu e um cara bacana de troca ideia . bora troca uma ideia manda seu Skype ou facebook

    ResponderExcluir
  8. Kkkk... Eu quero o dvd, como faço pra comprar?

    ResponderExcluir
  9. Eu assisti esse filme quando tinha uns 7 ou 8 anos, escondida, é claro! Fiquei com as imagens na minha cabeça por anos, sem conseguir dormir e tendo pesadelos! Ainda hoje considero o melhor terror que já assisti, apesar do gênero não ser dos meus favoritos! Perfeita a analise do filme e o diagrama!

    ResponderExcluir